10 de novembro de 2021

5 tipos de indicadores de desempenho financeiro que todo empreendedor deve conhecer

Quem nunca chegou ao fim do mês e se perguntou após realizar todos os pagamentos para onde foram todo o dinheiro?

Essa sensação de frustração tem a ver com o desconhecimento do desempenho financeiro de sua empresa.

É muito comum, em meio às diversas atividades de um gestor, que o gerenciamento financeiro da empresa se comprometa.

A atenção para este setor deve ser redobrada em um período de tanta incerteza, onde quase 600 mil empresas fecharam no ano de 2021, e para que um negócio se mantenha vivo, a gestão financeira deve ser realizada da forma mais assertiva e estratégica possível.

Desta necessidade surgem os indicadores de desempenho financeiro. São representações numéricas que retratam o desempenho e assertividade financeira durante certo período.

Com os indicadores de desempenho financeiro o gestor pode ter um retrato claro e atual da eficiência de suas operações financeiras e ter dados claros para embasar seus planos de ação de forma mais eficiente.

Pensando em ajudar a você a desenvolver os indicadores de desempenho financeiro mais eficazes para seu modelo de negócio, escrevemos este conteúdo com os principais indicadores que não podem faltar nos seus relatórios.

Faz sentido para você? Então boa leitura!

Leia também: BPO Financeiro: conheça a sua importância para um negócio promissor

O que são indicadores de desempenho financeiro?

Antes de tudo, é necessário esclarecer o que são os tão falados indicadores de desempenho financeiro.

Indicadores, conhecidos também como KPIs ou indicadores-chave de performance, são medidas de referência, que auxiliam na metrificação do desempenho do setor financeiro de seu negócio.

Se você é um gestor preocupado com o desempenho de seu negócio, deve se utilizar delas para ter um acompanhamento confiável da área.

Uma empresa saudável deve possuir um fluxo de caixa suficiente para honrar as despesas  e entregar lucro para seus acionistas.

Dessa forma será possível avaliar pontos, como o preço aplicado pelo produto e o retorno sobre investimentos.

Exemplos de indicadores

É comum se assustar com a grande quantidade de indicadores utilizados no âmbito financeiro, mas cada um tem seu uso particular sendo complementares, facilitando sua interpretação.

Vamos conhecer 5 desses indicadores?

  1. Faturamento bruto

Este é um dos indicadores mais conhecidos por ser simples e de fácil compreensão, o faturamento bruto.

O faturamento bruto nada mais é que o retrato de todas as entradas de dinheiro relacionadas às atividades fins de sua empresa.

Ele ajuda o gestor a ter uma previsibilidade das entradas em seu fluxo de caixa e planejar suas despesas, o que facilitará o trabalho dos próximos indicadores.

O cálculo do faturamento bruto é realizado de forma bem simples:

Faturamento bruto = Preço de venda x Quantidade vendida

A partir dele, podemos encontrar outro indicador: o faturamento líquido, que leva em conta despesas com devoluções e impostos, e pode ser calculado da seguinte forma:

Faturamento líquido = Faturamento bruto – Deduções de vendas – Impostos

  1. Lucratividade

Muitas vezes este indicador é confundido de forma errônea com o lucro de um negócio.

O lucro representa o faturamento bruto menos as despesas durante o período. Já a lucratividade é calculada de forma simples, como segue:

Lucratividade = (Lucro líquido / Receita bruta) x 100

A lucratividade representa quanto uma empresa teve de lucro em relação ao montante recebido durante o período.

É comum o equívoco de pensar que o faturamento de uma empresa se transforma diretamente em caixa.

Precisa-se lembrar dos custos e despesas envolvidos, tais como mão de obra, matéria prima e outras despesas comuns.

Por isto este indicador é tão comumente usado para quem deseja avaliar os caminhos traçados por seu negócio.

  1. Rentabilidade

É comumente confundido com a lucratividade citada anteriormente. Mas enquanto um trata do faturamento bruto, o último leva em conta o capital investido.

É extremamente importante que um investidor saiba acerca do sucesso ou não de seus investimentos, e é sobre isso que este indicador trata.

Ele pode ser calculado da seguinte forma: 

(Valor obtido/Valor investido)/100

  1. Ponto de equilíbrio ou Break even point

Se você é um entusiasta de programas sobre empreendedorismo como Shark Tank, já deve ter escutado algum dos famosos investidores perguntar a respeito do break even, mas o que é isto?

Break Even, nada mais é que o ponto onde seu lucro líquido é zero, ou seja, suas receitas se igualam às suas despesas.

Este indicador é importante para dimensionar o quanto uma empresa precisa vender para operar sem prejuízos.

Seu cálculo é simples e pode ser realizado da seguinte forma: 

Ponto de equilíbrio = Custos e despesas fixas / Margem de contribuição

  1. Ticket médio

Esta lista estaria incompleta sem um dos mais famosos e utilizados indicadores, o ticket médio. Ele trata do quanto cada cliente contribui individualmente para o faturamento de sua empresa.

Ele é muito comum na área comercial e pode ser metrificado tanto para a empresa como um todo como por serviço. E pode ser calculado da seguinte forma:

Ticket médio = Faturamento total / Número de vendas do período

Dica:

Estes são apenas 5 de inúmeros indicadores da área financeira, e acompanhá-los pode ser uma tarefa desgastante.

Uma dica é utilizar um software especializado no acompanhamento de indicadores financeiros.

Um exemplo é o PAM Fink, um software especializado em rotinas financeiras que possui inúmeras funcionalidades, como a criação de relatórios personalizados e acompanhamento de rotinas.

Nós da PAM atuamos desde 2016 no mercado, revolucionando a gestão de inúmeros empreendedores, onde alcançamos clientes em todos os estados do Brasil, simplificando a gestão de produtividade para empreendedores de diversos segmentos.

Conclusão

Gostou do nosso conteúdo? Agora você conhece ferramentas úteis para desenvolver a gestão financeira de sua empresa e alavancar seu negócio!

Viu que em meio a um cenário tão incerto é necessário um gerenciamento claro e assertivo do desempenho financeiro, a fim de garantir um negócio seguro e saudável.

Porém com o crescente número de dados a serem analisados, esta etapa se torna cada vez mais difícil.

Também aprendeu que com os indicadores certos, a gestão de desempenho financeiro de sua empresa pode ser mais eficaz e assertiva.

E também com a ajuda de um software especializado, a gestão financeira de sua empresa, tão importante na vida de um negócio, pode ser facilitada, e com menor chance de desconfortos!

Está pensando em desenvolver sua gestão financeira? entre em contato conosco que tiraremos suas dúvidas!

Quer saber mais como a PAM pode te ajudar? Realize uma demonstração gratuita!

Início Blog

Posts recentes

Destaques

10 de novembro de 2021

5 tipos de indicadores de desempenho financeiro que todo empreendedor deve conhecer

Quem nunca chegou ao fim do mês e se perguntou após realizar todos os pagamentos para onde foram todo o dinheiro?

Essa sensação de frustração tem a ver com o desconhecimento do desempenho financeiro de sua empresa.

É muito comum, em meio às diversas atividades de um gestor, que o gerenciamento financeiro da empresa se comprometa.

A atenção para este setor deve ser redobrada em um período de tanta incerteza, onde quase 600 mil empresas fecharam no ano de 2021, e para que um negócio se mantenha vivo, a gestão financeira deve ser realizada da forma mais assertiva e estratégica possível.

Desta necessidade surgem os indicadores de desempenho financeiro. São representações numéricas que retratam o desempenho e assertividade financeira durante certo período.

Com os indicadores de desempenho financeiro o gestor pode ter um retrato claro e atual da eficiência de suas operações financeiras e ter dados claros para embasar seus planos de ação de forma mais eficiente.

Pensando em ajudar a você a desenvolver os indicadores de desempenho financeiro mais eficazes para seu modelo de negócio, escrevemos este conteúdo com os principais indicadores que não podem faltar nos seus relatórios.

Faz sentido para você? Então boa leitura!

Leia também: BPO Financeiro: conheça a sua importância para um negócio promissor

O que são indicadores de desempenho financeiro?

Antes de tudo, é necessário esclarecer o que são os tão falados indicadores de desempenho financeiro.

Indicadores, conhecidos também como KPIs ou indicadores-chave de performance, são medidas de referência, que auxiliam na metrificação do desempenho do setor financeiro de seu negócio.

Se você é um gestor preocupado com o desempenho de seu negócio, deve se utilizar delas para ter um acompanhamento confiável da área.

Uma empresa saudável deve possuir um fluxo de caixa suficiente para honrar as despesas  e entregar lucro para seus acionistas.

Dessa forma será possível avaliar pontos, como o preço aplicado pelo produto e o retorno sobre investimentos.

Exemplos de indicadores

É comum se assustar com a grande quantidade de indicadores utilizados no âmbito financeiro, mas cada um tem seu uso particular sendo complementares, facilitando sua interpretação.

Vamos conhecer 5 desses indicadores?

  1. Faturamento bruto

Este é um dos indicadores mais conhecidos por ser simples e de fácil compreensão, o faturamento bruto.

O faturamento bruto nada mais é que o retrato de todas as entradas de dinheiro relacionadas às atividades fins de sua empresa.

Ele ajuda o gestor a ter uma previsibilidade das entradas em seu fluxo de caixa e planejar suas despesas, o que facilitará o trabalho dos próximos indicadores.

O cálculo do faturamento bruto é realizado de forma bem simples:

Faturamento bruto = Preço de venda x Quantidade vendida

A partir dele, podemos encontrar outro indicador: o faturamento líquido, que leva em conta despesas com devoluções e impostos, e pode ser calculado da seguinte forma:

Faturamento líquido = Faturamento bruto – Deduções de vendas – Impostos

  1. Lucratividade

Muitas vezes este indicador é confundido de forma errônea com o lucro de um negócio.

O lucro representa o faturamento bruto menos as despesas durante o período. Já a lucratividade é calculada de forma simples, como segue:

Lucratividade = (Lucro líquido / Receita bruta) x 100

A lucratividade representa quanto uma empresa teve de lucro em relação ao montante recebido durante o período.

É comum o equívoco de pensar que o faturamento de uma empresa se transforma diretamente em caixa.

Precisa-se lembrar dos custos e despesas envolvidos, tais como mão de obra, matéria prima e outras despesas comuns.

Por isto este indicador é tão comumente usado para quem deseja avaliar os caminhos traçados por seu negócio.

  1. Rentabilidade

É comumente confundido com a lucratividade citada anteriormente. Mas enquanto um trata do faturamento bruto, o último leva em conta o capital investido.

É extremamente importante que um investidor saiba acerca do sucesso ou não de seus investimentos, e é sobre isso que este indicador trata.

Ele pode ser calculado da seguinte forma: 

(Valor obtido/Valor investido)/100

  1. Ponto de equilíbrio ou Break even point

Se você é um entusiasta de programas sobre empreendedorismo como Shark Tank, já deve ter escutado algum dos famosos investidores perguntar a respeito do break even, mas o que é isto?

Break Even, nada mais é que o ponto onde seu lucro líquido é zero, ou seja, suas receitas se igualam às suas despesas.

Este indicador é importante para dimensionar o quanto uma empresa precisa vender para operar sem prejuízos.

Seu cálculo é simples e pode ser realizado da seguinte forma: 

Ponto de equilíbrio = Custos e despesas fixas / Margem de contribuição

  1. Ticket médio

Esta lista estaria incompleta sem um dos mais famosos e utilizados indicadores, o ticket médio. Ele trata do quanto cada cliente contribui individualmente para o faturamento de sua empresa.

Ele é muito comum na área comercial e pode ser metrificado tanto para a empresa como um todo como por serviço. E pode ser calculado da seguinte forma:

Ticket médio = Faturamento total / Número de vendas do período

Dica:

Estes são apenas 5 de inúmeros indicadores da área financeira, e acompanhá-los pode ser uma tarefa desgastante.

Uma dica é utilizar um software especializado no acompanhamento de indicadores financeiros.

Um exemplo é o PAM Fink, um software especializado em rotinas financeiras que possui inúmeras funcionalidades, como a criação de relatórios personalizados e acompanhamento de rotinas.

Nós da PAM atuamos desde 2016 no mercado, revolucionando a gestão de inúmeros empreendedores, onde alcançamos clientes em todos os estados do Brasil, simplificando a gestão de produtividade para empreendedores de diversos segmentos.

Conclusão

Gostou do nosso conteúdo? Agora você conhece ferramentas úteis para desenvolver a gestão financeira de sua empresa e alavancar seu negócio!

Viu que em meio a um cenário tão incerto é necessário um gerenciamento claro e assertivo do desempenho financeiro, a fim de garantir um negócio seguro e saudável.

Porém com o crescente número de dados a serem analisados, esta etapa se torna cada vez mais difícil.

Também aprendeu que com os indicadores certos, a gestão de desempenho financeiro de sua empresa pode ser mais eficaz e assertiva.

E também com a ajuda de um software especializado, a gestão financeira de sua empresa, tão importante na vida de um negócio, pode ser facilitada, e com menor chance de desconfortos!

Está pensando em desenvolver sua gestão financeira? entre em contato conosco que tiraremos suas dúvidas!

Quer saber mais como a PAM pode te ajudar? Realize uma demonstração gratuita!

Início Blog

Posts recentes

Destaques

Downloads